ARTISTA

cristiano-pepi-lab-foto-contemporanea.jpg

CRISTIANO PEPI

@cristiano_pepi_foto

Italiano, formado em Arquitetura em Florenca em 2007, em 2015 mudei de profissão e de continente, chegando no Brasil e me desenvolvendo como fotógrafo principalmente de retrato e de moda.

 

O planejamento acurado dos detalhes e a improvisacão do momento são as duas forcas dialéticas que tensionam meu trabalho.

ENTRE-LUGARES, TEMPOS | 2020

DESASSOSSEGO

livro-capa-cristiano-pepi.jpg

167.

Estou num dia em que me pesa, como uma entrada no cárcere, a monotonia de tudo. A monotonia de tudo não é, porém, senão a monotonia de mim. Cada rosto, ainda que seja o de quem vimos ontem, é outro hoje, pois que hoje não é ontem. Cada dia é o dia que é, e nunca houve outro igual no mundo.

 

171.

Um homem pode, se tiver a verdadeira sabedoria, gozar o espetáculo inteiro do mundo numa cadeira, sem saber ler, sem falar com alguém, só com o uso dos sentidos e a alma não saber ser triste. Monotonizar a existência, para que ela não seja monótona.

 

94.

Viver é ser outro. Nem sentir é possível se hoje se sente como ontem se sentiu: sentir hoje o mesmo que ontem não é sentir – é lembrar hoje o que se sentiu ontem, ser hoje o cadáver vivo do que ontem foi a vida perdida.

 

(LIVRO DO DESASSOSSEGO, Fernando Pessoa)

IMAGENS